Maria, exemplo de vida em comunidade

Maria foi uma mulher muito especial e escolhida por Deus. Desde nova, mais ou menos com 14 anos, foi visitada por um Arcanjo que lhe perguntou se queria ser a mãe do filho de Deus. Mesmo sem entender muito bem como isso aconteceria, disse: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,38). Essa atitude revela um total despojamento do seu querer, para viver o querer de Deus.

Um tempo depois, quando seu filho Jesus já estava com 12 anos, foi encontrá-lo no templo, ensinando os doutores da Lei. E vendo na resposta do seu filho, que Ele veio a este mundo para fazer a vontade do Pai, “guardou essas palavras no coração” (Lc 2,51). Essa reação de Maria nos mostra como devemos nos posicionar diante de situações que não entendemos: entregar tudo a Deus, guardar no coração e viver o silêncio e a humildade, daquele que acredita que Deus sabe todas as coisas, vai além de nossa limitada inteligência e entendimento.

O primeiro milagre de Jesus foi antecipado por sua Mãe, quando viu a falta de vinho numa festa de casamento e disse aos servos “façam tudo o que Ele vos disser” (Jo 2,5). Assim também podemos aprender com Maria, todas as vezes que virmos que está faltando o vinho da compreensão, do amor e da paz, que possamos pedir a intercessão de Nossa Senhora, que sempre leva todos os nossos pedidos a seu Filho, que possamos ser pessoas de oração.

Com Maria aos pés da cruz, Jesus disse: “Mãe, eis aí o teu filho” (Jo 19,26). A partir deste instante Maria recebeu a missão de ser Mãe de todos os homens. Que Nossa Senhora nos ajude a escutar do Seu Filho Jesus o que temos como missão individual nessa terra e que possamos corresponder a este chamado, como ela o fez.

A presença de Maria na paixão e na morte de Jesus na cruz, seu abandono e entrega total do seu filho, esse momento de intensa dor, “mexe” muito conosco. Somente alguém com muita fé e confiança em Deus é que poderia agir assim. Que Deus nos ensine a ter essa fé e essa confiança para que, nas situações que passarmos, muitas vezes vistas como o fim, sem solução, sem esperança, que possamos acreditar nesse Deus que pode tudo.

Que Nossa Senhora possa ser nosso modelo, a quem buscamos imitar em nossa vida comunitária e que tem muito a nos ensinar, basta termos a sensibilidade de apreciar como foi sua vida.

 

Marinês Pereira da Silva
Comunidade Nossa Senhora das Graças – Bosque das Palmeiras

58624_148493815183845_5525101_n

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.


*